(21) 2613-6340     (21) 96488-4241     sbdfluminense@uol.com.br
   

Psicodermatose, o estresse sentido na pele

Desde o dia 1º de setembro o Rio de Janeiro está recebendo o 67º Congresso da Sociedade Brasileira de Dermatologia, que também comemora os cem anos da sociedade. Em pauta, além das novas tecnologias para as práticas clínica, cirúrgica e cosmética, está a discussão sobre as psicodermatoses, manifestações cutâneas autoinfligidas. — Muitas vezes escoriações e áreas da pele sem pêlo algum são decorrentes de atitudes do paciente, que faz isso sem perceber, é como um tique nervoso. Este tipo de comportamento tem aumentado bastante no consultório e cabe ao dermatologista diagnosticar como um distúrbio mental para poder…

Leia Mais

Casos de hanseníase caem 41% em 10 anos em SP

Um levantamento da Secretaria de Estado da Saúde divulgado nesta terça-feira (28) aponta uma diminuição de 41,5% nos casos de hanseníase nos últimos dez anos em São Paulo. Segundo a secretaria, 1.753 novos casos foram registrados no estado em 2011, contra 3 mil no ano de 2001. Feito com base na série histórica da Divisão Técnica de Hanseníase do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE), o estudo aponta também para a queda na prevalência da hanseníase, ou seja, do número de pessoas em tratamento. Em 2001, eram de 5.378 pessoas no estado. Já em 2011, esse número…

Leia Mais

Confirmada a paralisação dos médicos paulistas em 6 de setembro

Durante reunião em 28 de agosto na Associação Paulista de Medicina, as lideranças médicas de São Paulo reafirmaram a suspensão do atendimento eletivo a todos os planos e seguros-saúde no próximo dia 6 de setembro, quinta-feira, em protesto contra as práticas abusivas das empresas. Após tentativas de negociação com as operadoras e seguradores desde o início do ano, os médicos ainda não tiveram atendidas suas reivindicações de consulta a R$ 80, procedimentos remunerados conforme a CBHPM e inclusão de índice de reajuste nos contratos. Além disso, continuam as pressões para reduzir exames, internações e…

Leia Mais

Formol no cabelo queima mulheres todos os dias no RJ

Todo dia, ao menos um caso de mulher com queimadura ou queda de cabelo em consequência do uso de alisantes proibidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é registrado no Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel (Rio de Janeiro). O problema também é comum em outras unidades de saúde. As substâncias mais usadas nos produtos são o formol e o glutaraldeído, que podem causar câncer e cegueira. O dermatologista Mário Chaves, do Serviço de Pesquisa de Dermatologia do Pedro Ernesto explica que o número de vítimas dos alisantes é bem maior que o registrado,…

Leia Mais

Avanço da hanseníase em no interior do Maranhão preocupa profissionais de saúde

Só este ano, 178 pacientes receberam tratamento, entre eles 28 crianças. Doença se caracteriza por manchas na pele que apresentam dormência. O programa de controle da hanseníase em Açailândia – Maranhão, região sul do Estado, registra crianças entre as novas vítimas da doença, como mostrou o JMTV 1ª Edição. Por ano, aproximadamente 150 pessoas procuram o centro para receberem atendimento especializado. A hanseníase é uma doença que atinge a pele, os nervos dos membros superiores e inferiores, rosto, orelhas e nariz. O tempo entre o contato e o aparecimento dos sintomas é…

Leia Mais

IUV atinge categoria extrema em João Pessoa

Em uma escala que vai até 14, índice de radiação ultravioletana capital já atinge o nível 11 que é considerado extremo. Faltando pouco mais de um mês para o fim do inverno e início da primavera, o índice de radiação ultravioleta (IUV) em João Pessoa já atinge o pico de 11 (ao meio-dia) – número incluído na categoria extrema, na escala IUV. Os dados são do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTec/ Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – Inpe) e alertam para a necessidade de proteção nos horários de sol mais forte. Segundo a pesquisadora…

Leia Mais

Conselho Federal de Medicina condena terapia antienvelhecimento

Faltam evidências científicas que justifiquem a prática da medicina antienvelhecimento, ou anti-aging. Essa é a conclusão de uma extensa revisão de estudos científicos sobre o assunto, realizada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). A entidade publica nesta segunda-feira (6) parecer sobre o assunto. O material pode ser acessado no site da entidade. Clique aqui. A diretoria do CFM confirmou que o parecer servirá de base de uma resolução que proibirá o uso de hormônios e práticas de antienvelhecimento no país. Segundo o vice-presidente do CFM, Carlos Vital Corrêa Lima, o Código de Ética Médica já veda a…

Leia Mais

Pessoas que trabalham a céu aberto poderão receber adicional

Os trabalhadores que exerçam atividades a céu aberto e sob radiação solar poderão receber adicional de 20% do salário. É o que prevê o Projeto de Lei 3519/12, do deputado Vinicius Gurgel (PR-AP), que também fixa a carga máxima de trabalho desses profissionais em 6 horas diárias ou 36 horas semanais. A proposta altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT – Decreto-Lei 5.452/43). Pelo texto, o adicional de 20% será pago sempre que não houver a opção do recebimento do adicional de insalubridade, correspondente a 40% do salário. Os tipos de…

Leia Mais

Bronzeamento artificial matou 794 por ano

Estudo publicado nesta semana no site do “British Medical Journal” aponta que, de 63.942 novos casos de melanoma (um tipo de câncer de pele) diagnosticados a cada ano na Europa, incluindo Reino Unido, França e Alemanha, 3.438 (5,4%) estão relacionados ao bronzeamento artificial. O levantamento associa 794 mortes todo ano ao uso dos equipamentos de bronzeamento – 498 homens e 296 mulheres. Os pesquisadores do Instituto Internacional de Pesquisa de Prevenção, na França, e do Instituto Europeu de Oncologia, na Itália, analisaram resultados de 27 estudos sobre câncer de pele e uso de camas de bronzeamento…

Leia Mais

Entidade médica é contrária à abertura de cursos “similares” ao de estética

A abertura de cursos, similares aos da medicina estética, também é criticada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. “Esses cursos são voltados a profissionais de outras áreas de saúde, que não a medicina. Com aulas que são ministradas apenas por fisioterapeutas, biomédicos e dentistas, os alunos se sentem supostamente habilitados a realizar os procedimentos”, frisou Luciana Rabello Oliveira, presidente da SociedadeBrasileira de Dermatologia regional Paraíba. Para barrar o funcionamento desses cursos, a SBD recorreu ao Conselho Federal de Medicina (CFM) solicitando medidas enérgicas contra “esses abusos e invasão da atuação médica nesses procedimentos”. De acordo…

Leia Mais
X